Os números AdDuplex de junho chegaram. Refletem o “usage share” de Windows Phones no mercado. O relatório se baseia nos dados coletados de mais de 5.000 aplicativos (o universo é de Windows Phones apenas).

Com relação à tendência global e ao mês anterior, a maior mudança é a referente à queda de 0,6 ponto percentual (pp) de share do grupo “outros” (décimo primeiro colocado do top 10 – risos – com 32,1%). O 535 recupera prevalência e se encontra novamente em primeiro lugar (12,1%, +0,4 pp no mês). Assim, o 520 (11,8%, -0,4 pp) retorna à segunda colocação. O Lumia 630 (8,9%), por sua vez, se mantém em terceiro sem variação no mês a mês, enquanto o quarto, 640 (8,5%, +0,4 pp), se aproxima. Em quinto vem o 635 (6,7%, -0,1 pp) com leve baixa, em sexto o 530 (4,7%, -0,1 pp), sétimo o 435 (4,6%, +0,2 pp), oitavo 640 XL (4,2%, +0,3 pp), nono 625 (3,8%, +0,1 pp) e décimo o 920 (2,5%, -0,1 pp). Ou seja, os únicos, que veem alteradas suas posições no ranking, neste mês, são os dois primeiros. Os integrantes do top 10 são os mesmos do mês passado.

Entre os fabricantes, a Microsoft ganha disparadamente (97%). Mais ainda entre os fabricantes de Windows 10 Mobile phones (98,74%).

manufjun16

w10mmanufjun16

Na batalha interna entre sistemas operacionais, o Windows 10 Mobile, com 10,9% (grassa 0,5 pp no mês) de share, abriu em relação ao Windows Phone 8.0, por sua vez em leve queda, no mês a mês, com 7,4% (-0,1 pp). O WP 8.1 reina com 78,8% (sem alteração – o WP 7.x perde 0,4 pp: 2,9%). Estes números sugerem, que a adoção do Windows 10 Mobile cresce, neste universo, lentamente. Em parte, graças a upgrades a partir do WP 8.0, e substituição de smartphones antigos (WP 7) por novos. Aderência a partir do WP 8.1 praticamente, no período, não houve, indicando que quem, entre estes, optou pela atualização para o 10 já o fez.

osverjun16

Fonte: AdDuplex via Twitter.