O aplicativo Carteira Microsoft para Windows 10 Mobile deverá ganhar o recurso “tocar para pagar”, pagamento através de NFC, em breve.

O pessoal do site Windows Central testou com sucesso a versão beta, 2.0, do aplicativo no último fim-de-semana, sugerindo estar praticamente pronto para o Update Anniversary do Windows 10 Mobile, a debutar no nosso inverno.

O app está sendo testado internamente na Microsoft.

Hoje o site norte-americano voltou a tocar no assunto, desta vez apontando novas evidências, que restringiriam o uso da tecnologia apenas a certos modelos de smartphones por questões de segurança.

Em 2015, durante a WinHEC na China, a Microsoft anunciou que a arquitetura de software Host Card Emulation (HCE) seria implementada no Windows 10 Mobile.

A HCE assegura, que provedores de sistemas móveis de pagamento fiquem responsáveis pela transação com cartão de crédito na nuvem, ao invés do dispositivo do usuário. O sistema baseia-se na geração única de novo número de cartão de crédito, associado ao físico, para efetuar a movimentação em procedimento conhecido como “tokenização”. Dados de localização também são utilizados. Os Windows 10 phones deverão ser aceitos nos mesmos estabelecimentos, que as plataformas concorrentes, pois Androids também lançam mão da HCE.

Ocorre, que as maiores bandeiras de cartão de crédito têm suporte à arquitetura, mas nem todos os bancos. E nem todos os smartphones são aprovados e certificados para uso com bandeiras como a Mastercard, que possui sua própria lista de dispositivos habilitados para a HCE.

Os Lumias constam da lista, mas apenas alguns estão aprovados. Seguem:

  • Lumia 640 XL
  • Lumia 650
  • Lumia 650 Dual SIM
  • Lumia 950
  • Lumia 950 Dual SIM
  • Lumia 950 XL
  • Lumia 950 XL Dual SIM

O Windows Central escreveu ainda, que a qualificação talvez se baseie no firmware de NFC dos dispositivos, indicando que os 08.01.22 passarão na prova, pois coincidem com os instalados nos dispositivos aprovados.

– Mas, e se o firmware for atualizado? – E o prazo de validade da certificação, que comprovadamente existe? Por que o HP Elite x3 não está listado?

São questões, que apenas a Microsoft será capaz de nos responder em eventual pronunciamento oficial.